Tobrasyn-Synteclogonew

Água da torneira, mineral ou filtrada? Você sabe qual é a melhor água para a saúde do seu pet?

Acredite: a água é mesmo o elemento mais importante que existe. Além de hidratar, ela transporta nutrientes para dentro das células, elimina resíduos tóxicos, regulariza a temperatura corporal e lubrifica articulações e órgãos. Tão importante quanto observar a quantidade de água que seu pet ingere é estar ligado à qualidade do líquido. Náusea, vômito, diarreia, mau funcionamento dos rins e dor de cabeça são sintomas que seu pet pode sofrer se estiver desidratado.

O corpo de um cão adulto é composto por 60% de água, enquanto no filhote esse percentual é de, em média, 84%. Isso significa que o consumo desse líquido precioso é crucial para ele, assim como para nós. “Um animal pode beber até 100 ml/kg ao dia. Essa quantidade varia de acordo com fatores como espécie, ambiente e atividade física exercida”, afirma Bruno P. Mariano, veterinário da clínica VittalVet. Assim, um cão de 3 kg precisa de 300 ml de água por dia. Cães ansiosos e agitados ofegam mais, então, devem repor a água com maior frequência. Essa perda não é tão aparente como no ser humano porque o cão não fica molhado nem sua, como nós, pois não possui glândulas sudoríparas na pele – contam apenas com uma pequena quantidade delas nos coxins (dedos das patas). A perda significativa de água ocorre pela salivação e respiração. A tarefa do dono é estimular o pet a se hidratar corretamente antes, durante e após o exercício físico.

Água de torneira pode fazer mal a seu pet

Água de torneira pode fazer mal a seu pet

Afinal, qual a melhor água pro meu pet?
Que a água deve ser transparente, insípida e inodora a maioria já sabe, mas a dúvida de muitos donos ronda entre os tipos de água indicados para o consumo dos animais. Os especialistas são claros: existe sim diferença entre água mineral engarrafada e água fi ltrada e a água de torneira. Conheça quais são elas.

Água de torneira
A Organização Mundial da Saúde (OMS) é a responsável, junto ao governo, por criar diretrizes relativas à Qualidade da Água Potável. Muitas cidades obedecem às normas, mas isso não significa que a água que sai da sua torneira seja pura. O tratamento inclui a adição de produtos químicos, prejudiciais à saúde, para eliminar germes que podem estar presentes no líquido. Canos subterrâneos e tanques de água corroídos também podem afetar a qualidade. “A água da torneira deve ser excluída para consumo dos pets”, indica Bruno.

Água mineral engarrafada e água do purificador
Quando a água está imprópria ao uso, o purificador retira partículas sólidas e diminui a quantidade de chumbo, sódio, entre outras substâncias radioativas. Especialistas indicam purificadores com filtro à base de carvão ativo, responsável por aprisionar impurezas que tenham carbono ou cloro como base. Por isso a água do purificador e a água mineral engarrafada trazem maior segurança para o consumo dos pets, pois elas recebem tratamento com substâncias próprias para a ingestão.

Fonte: Revista Meu Pet

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Published on: 15 janeiro 2016
Posted by:
Discussion: Leave a comment