Cuidado com os olhos dos cães e gatos

Em cães e gatos é muito comum perceber secreções que se formam perto dos olhos, mas você sabia que não limpá-las pode gerar danos  ainda maiores para os pets? Segundo a Doutora Daniela Pereira da Silva, professora do módulo de Oftalmologia da Pós-Graduação de Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais do Instituto Qualittas, é de extrema importância limpar os olhos dos animais de estimação. “A higiene é muito importante, pois o acúmulo de crostas e secreções, causam muitas vezes coceira e, quando o pet tenta removê-las com as patas, pode lesionar a córnea”, explica.

No entanto, para fazer esta limpeza é necessário alguns cuidados e, neste caso, a Professora Daniela orienta que deva ser feita sempre do sentido temporal para o nasal, ou seja, do canto da orelha para o olho. É importante, dentro da normalidade, limpar diariamente, uma vez ao dia, com soro fisiológico, algodão ou gaze. “Hoje já existe uma solução para higiene ocular muito boa que usamos na clínica e indicamos para os clientes”, afirma a médica-veterinária, que reforça o cuidado quanto ao atrito do algodão ou gaze com os olhos do animal, portanto a recomendação é sempre umedecer antes.

Essas secreções são muco e gordura que fazem parte do filme lacrimal do animal. A formação delas é lenta e pequena, lembrando que algumas doenças oftalmológicas aumentam a produção. As raças braquicefálicas em cães e gatos persa são as mais suscetíveis à formação das crostas, pois a maioria apresenta um problema chamado entrópio, que faz com que as pálpebras girem em direção ao olho, levando os pelos junto. Este atrito faz aumentar muito a secreção e o excesso dela não é normal, indicando problema.

fonte: Blog Qualittas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Published on: 28 julho 2017
Posted by:
Discussion: Leave a comment