Curiosidades sobre gatos – parte 1

Sei que pode parecer tendencioso, mas devo dizer que nós os gatos somos animais inteligentes, muito amorosos; numa única palavra: únicos. Deixo aqui algumas curiosidades desvendadas, para que nos conheça ainda melhor.

Em média um gato passa 2/3 do dia a dormir. Isso significa que em 9 anos de vida, apenas está acordado 3 anos.

Os gatos não saboreiam o doce.

Quando um gato persegue uma presa, ao contrário de um cão ou humano, mantém a cabeça sempre para baixo.

As bolas de pelo que vomitamos chamam-se egagropilos.

As gatas tendem a ser dextras, enquanto os gatos tendem a ser maioritariamente esquerdinos.

Um gato faz cerca de 100 sons diferentes, enquanto um cão faz cerca de 10.

O cérebro de um gato é biologicamente mais similar ao de um humano do que o cérebro de um cão. Ambos, humanos e gatos, têm uma região idêntica no cérebro responsável pelas emoções.

Existem mais de 500 milhões de gatos domésticos no mundo, e aproximadamente 40 raças reconhecidas.

O gato doméstico mais antigo foi encontrado numa sepultura no Chipre com mais de 9000 anos.

De acordo com uma lenda hebraica, Noé rezou a Deus para o ajudar a proteger a comida dos ratos na arca. Deus fez um Leão espirrar, e desse espirro nasceu o gato.

A audição de um gato é melhor do que a de um cão. Um gato consegue ouvir sons de alta frequência, cerca de 2 oitavas acima de qualquer humano.

Um gato consegue correr a 49 km por hora, em curtas distâncias.

Um gato salta 5 vezes a sua altura num único salto.

Alguns gatos já sobreviveram a quedas de 20 metros, devido ao reflexo de endireitamento. Os seus olhos, os órgãos e ouvido interno, dizem ao gato onde é que ele está no espaço, para que ele consiga aterrar em pé. Mesmo os gatos sem cauda possuem esta capacidade.

Um gato roça num humano não apenas para mostrar afeto, mas também para marcar o seu território, devido ao odor que as glândulas à volta da sua face libertam. A cauda e as patas também têm o mesmo odor do gato.

Os cientistas não têm a certeza porque é que um gato ronrona. Muitos veterinários acreditam que um gato ronrona fazendo as suas cordas vocais vibrar na zona mais profunda da garganta. Para isto ser possível, um músculo na laringe abre e fecha a passagem do ar 25 vezes por segundo.

No antigo Egito, quando um gato morria, a família mostrava a sua tristeza rapando as sobrancelhas.

Cada gata, em média, dá à luz entre 1 a 9 gatos de cada vez. A maior ninhada até hoje foi de 19 gatinhos, mas apenas 15 sobreviveram.

Atualmente, o maior felino selvagem é o Tigre Siberiano, que tem mais de 3,6 metros de comprimento e pesa mais de 300 kg.

Na Austrália e no Reino Unido, os gatos pretos são sinal de boa sorte.

Fonte: Ronron.com

http://ronronar.com/como-cuidar/60-curiosidades-sobre-gatos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Published on: 25 abril 2017
Posted by:
Discussion: Leave a comment