O que fazer quando o cachorro está triste?

Raiva, mágoa, tristeza…os cães são sensíveis a tudo o que acontece ao redor deles. Saiba o que fazer quando encontrar o seu cachorro triste.
Os animais sentem tudo como nós: raiva, depressão, ciúme, mágoa, entre outros sentimentos. Eles têm a percepção de se envolver com tudo o que acontece no ambiente em que vivem, por isso, o dono precisa saber reconhecer quando o cachorro está triste, para tentar deixa-lo feliz. Assim como nós, eles, também, demonstram o que estão sentindo no dia a dia, por isso, prestar atenção é essencial.

Os cães que ficam muito tempo sozinhos ou não saem para exercitar com os donos, tendem a ficar muito tristes e solitários. A falta de exercício, por exemplo, não permite que o cachorro se socialize com outros animais ou conheça locais diferentes. Muitos cães adoram passear em parques ou praças para correr e brincar. Nestes momentos os donos podem aproveitar e ensinar novas brincadeiras para os cães como, por exemplo, jogar uma bolinha e esperar que ele a traga.

Os animais são sensíveis ao que acontece ao redor, e, até mesmo, vozes alteradas, podem deixa-los chateados e nervosos. Entre outros motivos que podem gerar tristeza destacam-se a morte do dono, viagem de curta duração, ida a Pet Shops ou até mesmo estadia em hoteizinhos.

O que fazer quando o cachorro está triste?
Uma das melhores formas para diminuir o estresse canino é socializa-lo com outros animais por meio de passeios, por exemplo, que permite a interação com outros animais e pessoas. Outra forma de cuidado recomendada para cães que estão abalados emocionalmente é a terapia. Desta maneira, o dono pode procurar um médico veterinário para averiguar o melhor tipo de tratamento.

Alguns sintomas são comuns em cães que estão com alterações emocionais como tremor, agitação, coceira, diarreia, vômito, sono excessivo, coceira, morder patas ou unhas, taquicardia, bocejo ou sono em excesso, respiração, ofegante, entre outros.

Se o seu cão tem muito medo de fogo de artifício ou trovões, evite fazer barulhos fortes dentro do ambiente em que ele vive como bater porta, por exemplo. Outra dica é evitar deixar o cão em locais desconhecidos como os hotéis.

É fundamental prestar atenção ao comportamento do cão e se notar qualquer coisa estranha, leva-lo ao veterinário, para que ele possa indicar um tratamento adequado.

Além disso, passeie com o seu cachorro por, pelo menos, duas vezes ao dia e brinque bastante com ele. São esses cuidados do dia a dia que você vai deixar o seu cachorro mais feliz e acabar com qualquer tipo de tristeza!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Published on: 24 outubro 2015
Posted by:
Discussion: Leave a comment